30/03/2018

#BMdecor | Plantas para ambientes internos por Racheli Mari

Oláááááá pessoal, a nossa dica de hoje é sobre plantas para usarmos dentro de casa, pois sempre tem alguém que já se decepcionou tentando cultivar alguma plantinha, que não resistiu mas vou ajudar vocês, a cultivarem as apropriadas para esses ambientes. Vou mostrar pra vocês algumas plantinhas fácil de serem cuidadas.

 

Lança-de-São-Jorge: É uma planta bastante rústica que tolera tanto pouca luminosidade quanto locais com sol direto. Isso não significa que a planta poder ser mudada de um local com sombra diretamente para um local com sol pleno. As plantas precisam ir adaptando-se às mudanças, então quando for mudar de local, faça isso aos poucos. As lanças preferem solos mais argilosos, o que faz com que a terra fique molhada por mais tempo e não precise de tantas regas.

 

Palmeira-ráfis: A ráfis ou ráfia é uma das queridinhas quando se fala de ambientes internos e rusticidade. Ela precisa estar próxima de janelas e portas, ter um solo com boa capacidade de drenagem e dependendo do tamanho do vaso ser regada uma ou duas vezes por semana. Pelo fato de serem palmeiras, decoram o ambiente trazendo tropicalidade para as áreas internas.

 

Jiboia: Pode ser cultivada na sombra e não é muito exigente com relação a solos e regas. Se desenvolve com rapidez e poder ser utilizada tanto como trepadeira como planta pendente. A jiboia é uma das plantas apontadas para purificar ambientes, trazendo benefícios para qualidade do ar.

 

Zamioculca: Uma das plantas mais usadas em ambientes internos, a Zamioculca continua bonita mesmo quando não recebe os cuidados adequados. Precisa ser regada somente uma vez por semana e fica bem tanto em ambientes com luz, quanto sem luz - mas é bom evitar sol direto, que pode queimar suas folhas.

 

Singônio: As folhas do Singônio têm nervuras brancas quando jovens e ficam completamente verdes depois da madura. Devido ao seu formato, é muito usado para decoração em vasos ou como forragem em jardins e arranjos. Ele deve ser cultivado à meia sombra e regado com frequência para manter a terra úmida.

 

Violeta: Comumente plantada em pequenos vasos, a violeta precisa de água três ou duas vezes por semana. Deve ser exposta indiretamente ao sol e sua variedade de cores enfeita diversos ambientes, desde mesas a parapeitos de janelas.

 

Pleomele: Com suas folhas de bordas brancas ou verde-limão, a Pleomele é uma planta tropical e vistosa. Aprecia a umidade e deve ser regada regularmente. Ela deve ser mantida em ambientes com pouca luminosidade, mas se a adaptação não acontecer, pode ser o caso de colocá-la em lugares mais claros, mas que não recebem luz direta do sol.

 

Para que a decoração das plantas em seu apartamento, casa ou escritório fique mais especial, é importante ter  cuidado com a maneira como elas estarão dispostas. Já escolheu a sua? Ou está na duvida!? Corre lá nas minhas redes sociais que tem muito mais. Um grande beijo!!!

Racheli Mari


Galeria de fotos